Tropicália

Tropicálica – ou Tropicalismo – foi um movimento artístico que surgiu no Brasil em 1967, em plena ditadura militar. Tinha a intenção de valorizar o país, sob a influência das correntes artísticas de vanguarda e da cultura pop, misturando a cultura brasileira tradicional com inovações estéticas radicais. Apesar de manifestações noutras áreas artísticas, expressou-se sobretudo na música.  Este movimento, liderado por Gilberto Gil e Caetano Veloso, contava ainda com nomes como Gal Costa, Tom Zé, Os Mutantes (Rita Lee, Arnaldo Baptista e Sérgio Dias) e Rogério Duprat.

Além da mistura de acordes dissonantes e letras com mensagens “codificadas” – que denunciavam as preocupações da juventude da época em relação ao regime ditatorial – esta ânsia por inovação reflectia-se ainda no discurso, postura e até na forma de vestir dos membros do grupo. Padrões e cores tropicais invadiram o mundo da moda (quem não se lembra da icónica Carmen Miranda?)  – looks leves, ousados e coloridos – a inspiração perfeita para este Verão e também a principal influência na construção deste outfit.

Quando comprei estas calças, no primeiro dia de saldos da Zara, nunca imaginei que ficassem tão bem com este vestido vintage que tinha cá em casa há séculos. Adorei a combinação de cores e a fluidez dos diferentes materiais!

E vocês? O que acham?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *